Business

Como tomar partido dos dados para tomar decisões empresariais mais inteligentes?

Já está familiarizado com o poder dos dados, mas pode ainda não estar a utilizá-los em todo o seu potencial. Conheça algumas formas de os aplicar para melhorar os processos na sua empresa.

08.09.2021
6 minutos 6 minutos
Conteúdos
Quando se está imerso na consolidação de num negócio, pode ser difícil pensar de forma diferente e questionar como poderia fazer-se as coisas de outra forma. A concorrência mais avançada já está, em todo o mundo, a investir em data analytics, big data e predictive analytics como forma de simplificar operações e trabalhar de forma mais inteligente. De aplicações de segurança de IT às tarefas aborrecidas que ninguém gosta de fazer, mostramos-lhe algumas ferramentas disponibilizadas pela Konica Minolta que já estão a ajudar os nossos clientes a potencializarem o poder dos dados.

O poder dos dados pode ser explorado em empresas de todos os tipos e dimensões com o objetivo de as ajudar a trabalhar de forma mais inteligente. E não são apenas os gestores empresariais quem pode beneficiar do poder dos dados. Existe utilidade na sua análise aplicada a tarefas do dia-a-dia, na tomada diária de decisões, em business analytics, análise de desempenho, e muitas outras coisas. Com a infraestrutura certa, os dados podem permitir que você e a sua equipa façam um trabalho otimizado e se concentrem nas questões mais importantes.
 
Nem sempre é necessário contratar uma equipa dedicada à análise de dados para fazer análises continuamente. Também não precisa de passar demasiado tempo a fazer análises de dados para os compreender melhor. Adotar a infraestrutura certa de hardware e software, por si só, pode fazer muito do trabalho por si, quer esteja a medir a qualidade de impressão, a trabalhar com big data, a construir uma solução analítica empresarial, a desenvolver uma solução empresarial de predictive analytics ou a trabalhar com Inteligência Artificial e Machine Learning para proteger a sua segurança informática. A solução certa pode mudar tudo e permitir-lhe, a si e à sua equipa, fazer um melhor trabalho. Damos um exemplo: em vez de despenderem horas a rever pedidos de empréstimo manualmente, os bancos utilizam agora dados e tecnologia sofisticada para processar pedidos e calcular o risco, libertando as pessoas para se concentrarem na gestão e análise do panorama geral.

Não espere até que o seu chefe faça perguntas ou sugira ideias: faça uma previsão das suas necessidades, analise a informação disponível, e faça você mesmo uma proposta. Os seus concorrentes que trabalham de forma inteligente já estão a investir em big data e data analytics, construindo um futuro orientado pelos dados. A tecnologia certa trará muitas oportunidades para melhorar a sua forma de trabalhar.
 
A Konica Minolta está a ajudar as empresas e organizações a utilizar os dados para trabalharem de forma mais inteligente através, principalmente, das quatro formas que apresentamos abaixo.

Automatização de Processo através do uso de Robôs (RPA): deixe as tarefas aborrecidas em piloto automático

Pedir a um profissional altamente qualificado que lide com tarefas rotineiras e repetitivas não é apenas um desperdício de talento: é também perda de tempo e dinheiro. E se as tarefas mais repetitivas e rotineiras fossem tratadas por robôs de software em vez de pessoas insatisfeitas com as suas funções?
 
Recorrendo à utilização de RPA – Robotic Process Automation (Automatização de Processos através de Robôs), a Konica Minolta torna acessível a todos os setores e indústrias a automatização de processos rotineiros do seu dia-a-dia.

As tecnologias de RPA permitem a replicação e a aprendizagem de tarefas repetitivas ou específicas com o objetivo de poder replicá-la, passo a passo, em tarefas futuras sem a necessidade de ação humana.

A implementação de RPA permite aos nossos clientes o ajuste da escala dos seus recursos, possibilitando uma adaptação rápida às variações da procura. Este aumento de precisão pode resultar em menores variações na qualidade do trabalho, bem como ajudar a alimentar uma análise de dados detalhada. O RPA ajuda a libertar mais tempo para os funcionários, para que possam atingir o seu potencial máximo e concentrar-se nos temas que impulsionam o seu negócio.
 
Por exemplo, 70 a 80 % das tarefas necessárias para processar reclamações de seguros é repetitiva e não requer conhecimento humano. Estas tarefas incluem, por exemplo, verificar se as reclamações são genuínas e se as pessoas que as apresentam já estão no sistema. A RPA pode facilmente automatizar estas tarefas, para além de outros processos como a monitorização de pedidos, descarregamento de dados, criação de relatórios e emissão de faturas. Os peritos de seguros podem então processar os sinistros mais rapidamente e com maior precisão, concentrando a sua atenção apenas nos 20 a 30 % dos sinistros que realmente exigem a perícia.

Security Information and Event Management (SIEM): mantenha sistemas informáticos seguros com o mínimo esforço

À medida que continuam a capitalizar a pandemia de covid-19, com todas as mudanças por ela trazidas à segurança informática, os hackers têm utilizado novos métodos. As empresas são especialmente vulneráveis, à medida que cada vez mais pessoal trabalha remotamente através de múltiplos dispositivos. Não é raro que os funcionários utilizem dispositivos pessoais para trabalhar em tarefas sensíveis como a análise de negócios ou outras formas de análise de dados, o que pode apresentar riscos de segurança significativos. Com tantas vulnerabilidades possíveis, manter-se à frente destes desafios é tarefa de um peso significativo, pois mesmo os maiores esforços de trabalho humano podem resultar em vulnerabilidades de segurança que passam despercebidas sob o radar. Como poderia ser possível manter uma vigilância manual sobre milhares de dispositivos?
 
É aqui que o software SIEM da Konica Minolta pode intervir. O SIEM ajuda as organizações a permanecerem seguras, trabalhando 24/7 na análise dos sistemas de IT para detetar vulnerabilidades, extinguindo os ataques antes que possam causar quaisquer problemas. Este sistema atua através da recolha e análise de grandes quantidades de dados em tempo real (como mensagens, alarmes, ficheiros de registo). O SIEM utiliza Machine Learning e Inteligência Artificial para trabalhar com big data, alimentar análises de dados, e detetar imediatamente e responder a quaisquer padrões invulgares. Utiliza também a análise preditiva para prevenir quaisquer ameaças que possam estar mesmo ao virar da esquina.

IQ 501: tecnologia de impressão que se preocupa automaticamente com a qualidade

 
O IQ 501 da Konica Minolta permite aos operadores dos equipamentos de impressão a facilidade de deixar o controlo de qualidade em piloto automático. Uma funcionalidade deste tipo pode poupar muito tempo e libertar os funcionários para se concentrarem noutras tarefas, reduzindo o tempo habitualmente exigido de atenção aos trabalhos de impressão.
 
As páginas são digitalizadas e comparadas com uma impressão de referência. O sistema deteta quaisquer anomalias como manchas, sujidade, páginas e imagens em falta, ou impressão pela ordem errada. O IQ 501 proporciona correção em tempo real e ajusta continuamente as tiragens para manter uma qualidade elevada, assegurando um serviço potente e rápido. A Druckpress, uma empresa de media sediada na Alemanha, conseguiu, em três meses, triplicar o seu volume de impressão digital após a implementação de um sistema de impressão IQ 501.
 
O IQ 501 utiliza dados para eliminar a necessidade de os funcionários efetuarem análises contínuas. Além disso, também é bom para o ambiente porque ajuda a evitar o risco de erros de impressão, reduzindo significativamente o desperdício.

Medição de temperatura corporal: manter ambientes de trabalho seguros durante a pandemia

A maioria das empresas foi obrigada a adaptar a sua forma de trabalhar face à pandemia de covid-19. Como nem todos os trabalhos podem ser feitos remotamente, algumas empresas tiveram de implementar processos de emergência para proporcionar ambientes de trabalho seguros. Consegue imaginar o caos se todos os armazéns tivessem de fechar as suas portas e perturbar a distribuição de alimentos, por exemplo?

A solução de medição da temperatura corporal da Konica Minolta fornece às empresas as ferramentas de que necessitam para continuar a trabalhar fluidamente. As nossas câmaras térmicas MOBOTIX identificam automaticamente temperaturas corporais elevadas quando dentro do seu campo de visão, enviando uma notificação se existirem temperaturas acima de limiar definido. Uma medida de segurança que pode ajudar a reduzir o risco de infeção por covid-19, controlando a sua entrada nos locais de trabalho e a consequente propagação do vírus.

Também lhe pode interressar:

Customer Experience Management: como fazer e manter clientes felizes

O que nos leva a preferir um produto? O facto de nos revermos nele. Invista...

Business
07.09.2021

Esteja em conformidade com a legislação

Saiba mais
A Assinatura Eletrónica Qualificada nas PME passará a ser obrigatória a partir de 1 de julho de 2022